Sua empresa dá a devida atenção ao fluxo de caixa?


Segundo pesquisa realizada pelo Instituto Brasileiro de Geografia Estatística (IBGE) cinco em cada dez empresas encerram suas atividades até o terceiro ano de vida. Uma das principais causas é o descontrole financeiro. Aquele momento da empresa em que não se sabe quanto nem quando ingressará uma receita ou se vencerá uma obrigação. Um empresa em seu inicio normalmente possui pouco capital de giro, o que a leva a buscar empréstimos ou financiamentos onerosos levando-a a se endividar ainda mais e aumentar o descontrole financeiro.

Sendo assim, é extremamente importante que as finanças da empresa sejam controladas com rigor. A melhor forma de gerir a empresa é baseada na aplicação correta dos recursos financeiros de forma a fazer a empresa alcançar suas metas e objetivos, isso demanda eficiência e uma completa compreensão do fluxo de caixa que a empresa possui.

A maioria das micro e pequenas empresas bem sucedidas, independentemente do segmento, têm diversas coisas em comum. Elas controlam rigorosamente o seu fluxo de caixa e conseguem através deste controle compreender melhor sua área de atuação e planos e capacidades para alcançar seus objetivos. Conseguem através de criação de cenários de fluxo, enxergar possíveis desafios e oportunidades.

Muitas pequenas e médias empresas acabam negligenciando este processo, focando principalmente nas operações do dia-a-dia, e deixando a atenção para o fluxo de caixa quando há um problema. Mas empresários que planejam estratégias proativas para o gerenciamento do caixa são capazes de não só prevenir os problemas como também enxergar novas oportunidades de crescimento da empresa.

Abaixo separamos abaixo 3 dicas que sua empresa deve considerar para melhorar o fluxo de caixa:

1) Entenda o seu ciclo operacional

Independentemente do tamanho da sua empresa é preciso gerenciar o dinheiro, efetuar pagamentos, adquirir fundos, investir e receber pagamentos. Rever e entender cada uma dessas etapas do seu ciclo de fluxo de caixa pode ajudar a tornar o processo mais eficiente. Comece identificando as entradas e saídas e quais os seus objetivos.

2) Incentive pagamentos mais rápidos

Quanto mais cedo um cliente pagar mais cedo você terá essa receita em mãos para trabalhar no seu crescimento. Analise seus clientes e crie incentivos ou descontos para que eles antecipem os pagamentos.

3) Visualize em tempo real a situação financeira de sua empresa

O uso de programas de controle financeiro permitem que a cada venda ou serviços prestados, a empresa consiga visualizar a entrada nas suas contas a receber, e que a cada pagamento o sistema também seja alimentado. Desta forma, com o saldo sempre atualizado, o controle do fluxo e a tomada de decisões fica mais eficiente e rápida. Os sistemas também possuem serviço de conciliação bancária, que torna possível comparar as contas registradas no sistema com as transações bancárias de um ou mais bancos, permitindo uma comparação simples e de fácil visualização para conferir se as contas foram debitadas ou creditadas na conta bancária corretamente.

Estes e mais serviços estão disponíveis nos sistemas Enterprising e Atena, tanto comércios, indústrias e prestadoras de serviço. Ambos são integrados, facilitando não só o controle de fluxo de caixa como da sua empresa como um todo. Acreditamos que uso dos mesmos, possibilitam e facilitam o controle e gestão dos seus empreendimentos e podem te ajudar no crescimento da sua empresa.


Postagens Recentes
Arquivo
Tags
Nenhum tag.
Redes Sociais
  • Black Facebook Icon
  • Black LinkedIn Icon